Linguagem: EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

Comerciantes exploram e oferecem produtos de baixa qualidade, no litoral

 

Avenida beira mar em Caiobá só é bela com Sol, mas com chuvas fica alagada por escoamento deficiente
11-01-2022 13:17:54 (255 acessos)
Para Roberto0 Meissner, não são só os administradores que precarisam o litoral. Cita como exemplo a localidade de Matinhos "...que se parece com uma cidade curva de rio..." Afirma que "os comerciantes também" são culpados; não criam atrativos." Acusa os supermercados de comercializarem "produtos de baixa qualidade" mas preços de marca. Quando chega a temporada ou em feriados "os preços sobem assustadoramente". Sugere que só autoridade pública pode mudar esse quadro, mas também os empresários.

Realidades negativas, não chegam afugentar veranistas e turistas que chegam de todo o País durante o tempo quentte que coincide com férias escolares.

Embora um tanto duras, as críticas do senhor Meissner merecem atenção, especialmente dos que fiscalizam e executam ações dos poderes públicos. Governos do Estado e municipal merecem reconhecimento no que fazem de bom. Na temporada de 2022, é notório o esforço policial que tem feito apreensões recordistas de traficantes e entorpecentes. Lamentavelmente no item limpeza, o oexército de coletores não consegue superar a ignorância do lixo abandonado em plena rua e praça. 

Veja o que diz Roberto Meissner:

"O grande problema em Matinhos é que sempre foi uma cidade mal administrada, entra governo sai governo e não muda nada; aliás, muda sim, a cidade cada vez mais se parece com uma cidade curva de rio....Na administração dificimente veremos um secretario ou quem quer que seja, de competência suficiente para adminitrar (a cidade)... E, não é só a administração, os comerciantes tb tem sua parcela de culpa. ..a cidade não tem atrativo nenhum no comércio. Vc procura um produto de qualidade e não encontra, tem que comprar em outra cidade. Nos supermercados então, existem produtos e marcas que vc só encontra em Matinhos...produtos de baixa qualidade com preços de produtos e marcas conhecidas...o atendimento é péssimo em qualquer segmento...com raras excessões...sem falar que chegando um feriado ou na temporada, os preços sobem assustadoramente...poderia ficar aqui escrevendo sobre o que a cidade não oferece ao turista ou veranIsta...perderia meu tempo, não vale a pena."

 

220110 - 16:17 horas 

Continua repercutindo, situação de abandono do litoral

"Ruas mal cuidadas, enchentes e lixo." Com esta frase, a proprietária de imóveis em Matinhos, Marly Chaves, confirma os reclamos do comerciante Carlos Dalberto Freire, sobre a condição do litoral paranaense. Não se trata de falatório sem objetivos, mas uma espécie de apelo para que prefeitos, vereadores e o Governo do Estado, enfrentem o desafio com seriedade sem intere4sses eleitoreiros. "Todos ganham" afirma um empreendedor que se diz desanimado diante das dificuldades enfrentadas.

 

Marly diz que fala por muitos e reafirma que o empresário Dalberto diz "a pura verdade."

Aqui as palavras textuais da proprietária:


"A mais pura verdade. Tenho casa em Matinhos e todo ano é essa vergonha. Ruas mal cuidadas, enchentes e lixo. Entra governo e sai governo e fica só na promessa de campanha. Prefeitos eleitos, pulso forte e vontade de fazer alguma coisa por nossas praias (a não ser nas partes que tem interesse). Esse comerciante conhece como ninguém as necessidades das nossas praias. Vem conversar com ele senhor governador, ou é só antes das eleições que vcs vem andar em carro aberto dando tchauzinho para o povo? Ou o senhor também passa as férias no litoral de Santa Catarina????"

 

220107 - 15:04 horas 

Comerciante histórico critica promessas não cumpridas no litoral

Promessas historicamente não cumpridas, abandono do planejamento urbano de qualidade que envolva ampliação da capacidade do escoamento de água e esgoto e construção de um sistema viário mais eficiente, são apenas alguns dos desafios que enfrenta a localidade de Matinhos e o litoral do Estado do Paraná. "Somos vítimas de promessas nunca cumpridas, desde o tempo do ex-governador Jaime Lerner. Desta forma ficamos na esperança, tentando atrair turistas com aprimoramento de nossos negócios."

 

Nascer do sol em CaiobáEste é o desabafo do empresário Carlos Dalberto Freire, presidente da ASSINDILITORAL e membro da Associação Comercial e Industrial de Matinhos, entidade que já presidiu por várias vezes. De família radicada há mais de 100 anos na região, lembra que as coisas ditas, "se Carlos Dalberto Freirerepetem a cada início de temporada." Não acusa mas "parece que a indústria do turismo não é levada a sério do modo como se deve fazer."

Todas as palavras de agora é para  lembrar o episódio "triste" das enchentes. Aconteceram e "as imagens não mentem," porque "faltou cuidado de limpeza e desobstrução de canais, coisa que o Governo do Estado fazia, mas agora está tudo abandonado." Dalberto perguntra "por que em 3 anos nada foi feito para evitar essa situação de abandono de todo o litoral."

Empresário pede reflexão dos administradores públicos sobre o desenvolvimento do turismo e fala sobre atrativos que podem ser potencializados na indústria turística, além da bela praia que a natureza oferece e da própria copnfiguração geofísica, proporcionada por montanhas e morros. "Porém, infelizmente o litoral não foi mais uma vez, preparado para a temporada de verão."

"Aqui recebemos pessoas do Brasil e exterior e é esta imagem que eles levam, a de visitantes e veranistas saindo pelas ruas desesperados à procura de um lugar para fugir de alagamentos. Veja o Litoral de Santa Catarina, onde há desafios sérios, mas tem locais que são uma maravilha. Aqui, desde o tempo do Jaime Lerner até hoje, prometem recuperar nossa orla e só fica na mídia, no papo."

Praia de CaiobáCarlos Dalberto alerta sobre o avanço das águas e a prioridade de obras de contenção e escoamento, baseadas em critérios técnicos e científicos. E mostra que "nunca aconteceu tamanha enchente. O canal da JK (avenida Juscelino Kubitsceck) é o responsável por isso. Não foi bem projetado porque estrangula a vazão das águas."

Obras em desenmvolvimento na atualidade, geraram uma esperança aos residentes e visitantes do verão, observa o comerciante de Matinhos. Contudo critica a demora, porque a construção "parou num pequeno pedaço." Acredita que as obras licitadas "não deveriam ser pelo valor mais barato, mas seguir um cronograma de qualidade e tempo para realizá-las, o que não está acontecendo por aqui. Vamos ver até quando."

 

Fonte:
 

 2 Comentários para esta notícia

  1. author

    O grande problema em Matinhos é que sempre foi uma cidade mal administrada, entra governo sai governo e não muda nada, aliás muda sim, a cidade cada vez mais se parece com uma cidade curva de rio....Na administração dificimente veremos um secretario ou quem quer que seja com competência suficiente para adminitra a cidade...e não é só a administração, os comerciantes tb tem sua parcela de culpa. ..a cidade não tem atrativo nenhum no comércio. ..vc procura um produto de qualidade e não encontra, tem que comprar em outra cidade, nos supermerrados então existem produtos e marcas que vc só encontra em Matinhos...produtos de baixa qualidade com preços de produtos e marcas conhecidas...o atendimento é péssimo em qualquer seguimento...com raras excessões...sem falar que chegando um feriado ou na temporada os preços sobem assustadoramente...poderia ficar aqui escrevendo sobre o que a cidade não oferece ao turista ou veranIsta...perderia meu tempo, não vale a pena.

  2. author

    A mais pura verdade. Tenho casa em Matinhos e todo ano é essa vergonha. Ruas mal cuidadas, enchentes e lixo. Entra governo e sai governo e fica só na promessa de campanha. Prefeitos eleitos s pulso forte e vontade de fazer alguma coisa por nossas praias( a não ser nas partes que tem interesse). Esse comerciante conhece como ninguém as necessidades das nossas praias. Vem conversar com ele senhor governador, ou é só antes das eleições que vcs vem andar em carro aberto dando tchauzinho para o povo? Ou o senhor também passa as férias no litoral de Santa Catarina????


 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

3eGQx