Linguagem: EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

Iniciativa privada administra mais de 90% dos aeroportos do Brasil

Iniciativa privada administra mais de 90% dos aeroportos do Brasil
[foto] - Administração empresarial torna aeroportos mais eficientes
30-11-2023 21:49:44 (141 acessos)
Com a sétima rodada de concessões, foi concluída (231130) a transferência à iniciativa privada da administração de aeroportos brasileiros. Na madrugada, a concessionária espanhola Aena iniciou a operação do aeroporto de Altamira, no Estado do Pará, que era administrado pela Infraero. Ao finalizar essa etapa, o Brasil passa a concentrar 93% do tráfego de passageiros e 99% das cargas, em aeroportos administrados por empresas nacionais e internacionais. 

 


São 11 operadores diferentes originários de quatro

continentes (América do Sul, Europa, África e Ásia)

somente nas concessões federais, responsáveis

pela administração de 59 aeroportos.

Na sétima rodada, que teve o leilão de concessão realizado em agosto de 2022, a Aena Brasil, a Noa Airports e a Pax Airports, assumiram os 15 aeroportos concedidos em 18 de agosto de 2022. Juntas vão investir cerca de R$ 7,2 bilhões, pelos próximos 30 anos, na expansão e melhoria das infraestruturas nos aeroportos que administram.

Investimentos triplicam

A partir das concessões, iniciadas em 2011, o nível de investimento triplicou no setor aeroportuário. Antes eram aplicados US$ 5 bilhões em 15 anos. Nos primeiros 5 anos das concessões aeroportuárias, foram outros US$ 5 bilhões; o que significa 15 anos em 5.?Isso resultou num serviço mais eficiente e na melhoria de condições para passageiros e usuários do transporte aéreo nacional.

Nos últimos 10 anos, o programa de concessão de aeroportos recolheu R$ 26,5 bilhões em outorgas para os cofres públicos e foram aplicados mais de R$ 26 bilhões em investimentos nas infraestruturas concedidas. Para os próximos anos são previstos mais de R$ 20 bilhões em novos investimentos, além da expansão da capacidade de operação e da conectividade?do?País.

 

 

Fonte: ANAC, Assessoria de Comunicação Social
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

HGcjp