Linguagem: EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

Enchentes obrigam Governo suspender o Concurso Nacional Unificado

Enchentes obrigam Governo suspender o Concurso Nacional Unificado
02-05-2024 21:48:54 (1326 acessos)
Porque no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, asa tempestades tornaram impossível realizar os exames, o Governo Federal decidiu suspender o Concurso Público Unificado Nacional (CPNU) que estava programado para o domingo, dia 5 de maio de 2024. Coube à ministra de Gestão Esther Dweck, fazer o anúncio. O concurso tem 2,144 milhões de candidatos inscritos que irão concorrer a 6.640 vagas em cargos oferecidas por 21 órgãos públicos federais. Execução do exame envolve 215 mil trabalhadores.

 


Só no Estado do Rio Grande do Sul, são 86 mil os candidatos ao exame nacional. Santa Catarina deve ter mais ded 20 mil. Autoridades não informaram quando será a nova data da prova, mas é certo que será convocada logo após a normalização doclima no extremo sul.

Participou do comunicado da suspensão, o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Paulo Pimenta.

Concurso Nacional Unificado aceita documento digital 

Documentos digitais poderão servir para identificação no Concurso Público Nacional Unificado (CPNU) que será realizado dia 5 de maio em 228 municípios do Brasil. Embora os básicos sejam a carteira de identidade original (porque cópia não será aceita), organizadores anunciaram que os concorrentes poderão  usar documentos digitais com foto como identificação pessoal, na sala de aplicação das provas. Documentos são e-Título, CNH Digital e o RG digital, ou seja título de eleitor e identidade.

Documentos digitais e-Título, CNH Digital e o RG digital, que são, respectivamente, as versões digitais do título de eleitor, da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e da Carteira de Identidade Nacional (CIN). Se o documento for impresso, deve ter foto e assinatura.

A apresentação dos documentos no formato digital deve ser feita na entrada da sala de prova, por meio de aplicativo oficial ou pela Carteira de Documentos Digitais do portal do governo federal Gov.br.

Provas serão aplicadas em dois turnos, em 228 municípios, localizados em todas as 27 unidades da federação. O MGI contabiliza 3.665 locais de aplicação e 75.730 salas. Ao todo, 2,144 milhões de candidatos inscritos no Concurso Público Nacional Unificado disputarão 6.640 vagas em cargos públicos oferecidas por 21 órgãos públicos federais. A força de trabalho estimada para atuação no Concurso Nacional é de cerca de 215 mil trabalhadores.

As provas serão divididas em oito blocos temáticos, sete deles

para vagas de nível superior. Somente o 8º bloco é para o

nível médio. Para tirar dúvidas, os candidatos podem

entrar em contato com a Fundação Cesgranrio, responsável

pela ação das prplicaovas, pelo telefone: 0800-701-2028.

Todas as informações estão disponíveis no site oficial do certame.

 

Concurso Nacional Unificado expede hoje o cartão de inscrição

Já poderá ser retirado nesta quinta-feira (240425), no site do CNU, o cartão de confirmação de inscrição. Neste documento, o candidato tem informações sobre o local de prova. Cartão de inscrição é o documento principal do Concurso Público Nacional Unificado (CPNU) e nunca deve ser esquecido, sob pena de levar o candidato à eliminação nas provas. A prova do dia 5 de maio, será aplicada em 228 municípios. Candidatos não podem esquecer a carteira de identidade original, porque cópia não será aceita

Cartão de inscrição é o documento principal do Concurso Público Nacional Unificado (CPNU) e nunca deve ser esquecido, sob pena de levar o candidato à eliminação nas provas. Esse documento estará à disposição já no próximo dia 25 de abril. Para evitar surpresas, os participantes do exame devem prestar atenção às instruções deixadas pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos. Apesar do cartão, o concorrente deve apresentar a identidade original com foto (cópia não é aceita).

 

A 20 dias da realização do Concurso Público Nacional Unificado (CPNU), o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos divulgou (240415) orientações sobre o que os candidatos podem e não podem levar no dia da prova, marcada para 5 de maio,

Cartão de confirmação

Ao chegar ao local de prova, o candidato deve apresentar o cartão de confirmação de inscrição, que poderá ser impresso a partir do próximo dia 25 na Página do Candidato.

Documento

Também é preciso apresentar documento de identidade original com foto, de acordo com os mencionados no edital. Não serão aceitas cópias – mesmo que autenticadas.

No caso dos documentos digitais, o candidato deverá acessar o aplicativo no momento da identificação, na entrada da sala. O aplicativo deve ser baixado no celular previamente e pode ser acessado mesmo sem internet.

“Teste antes para se certificar que está funcionando corretamente. Não serão aceitas fotografias do documento, mesmo que estejam na galeria do telefone”, destacou o ministério.

Caneta preta

O candidato deve levar caneta preta de material transparente. Como não será permitido se comunicar durante as provas, a pasta recomenda que os candidatos levem mais de uma caneta.

Roupas e acessórios

No dia da prova, o ministério recomenda o uso de roupas e sapatos confortáveis, já que serão dois turnos de aplicação e o candidato ficará sentado por um longo período de tempo.

Não será permitido o uso de relógio de qualquer natureza. Também é proibido o uso de óculos escuros, chapéu, boné, gorro e protetores auriculares.

Porta-objetos

A Fundação Cesgranrio, responsável pelo certame, vai fornecer envelopes porta-objetos aos candidatos que precisem guardar itens como telefones celulares. O aparelho e eventuais alarmes deverão ficar desligados durante toda prova.

“Os envelopes deverão ser lacrados e identificados antes de o candidato se dirigir à carteira onde fará as provas e deverão ser guardados embaixo da carteira”, ressaltou o ministério.

O candidato só poderá abrir o envelope com seus pertences e ligar o aparelho celular após finalizar a prova e quando já estiver do lado de fora dos locais de exame.

Alimentação

O candidato pode levar alimentos e água no dia da prova. As embalagens dos alimentos devem estar lacradas e as garrafas de água precisam ser transparentes.

Eletrônicos

Conforme o edital, o candidato será eliminado se for constatado, durante as provas, o porte e/ou o uso de aparelhos sonoros, fonográficos, de comunicação ou de registro, eletrônicos ou não, tais como: agendas eletrônicas, gravadores, pendrive, mp3 player, fones de ouvido, chaves com alarme ou com qualquer outro componente eletrônico, relógios de qualquer natureza, telefones celulares e microcomputadores portáteis.

“Os candidatos também serão eliminados se forem surpreendidos, durante as provas, em qualquer tipo de comunicação com outro candidato ou utilizando máquinas de calcular ou similares, livros, códigos, manuais, apostilas, impressos ou anotações”, completou a pasta.

Caderno de provas

Os candidatos não poderão levar o caderno de provas – em nenhum dos turnos.

Tempo de permanência

O tempo mínimo de permanência nos locais de provas em ambos os turnos será de duas horas. O candidato que deixar a sala antes desse prazo será eliminado do concurso.

 

Saiba os horários das provas do Concurso Nacional Unificado

Os mais de 2,5 milhões de candidatos inscritos no Concurso Público Nacional Unificado já podem consultar os horários de abertura dos portões e locais de aplicação das provas, que ocorrerão no domingo dia 5 de maio.

Segundo o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), no período da manhã, os portões serão abertos às 7h30 (horário de Brasília) e fechados, pontualmente, às 8h30. A prova terá início às 9h, com duração de duas horas e trina minutos. Já no turno vespertino, os portões abrirão às 13h e fecharão às 14h. O início da aplicação das provas será às 14h30 e o tempo de duração será de três horas e trinta minutos.
Os inscritos devem se atentar aos horários para evitar atrasos e imprevistos para o chamado Enem dos Concursos.

 

Provas
As provas serão aplicadas simultaneamente em 228 cidades em todas as unidades da federação, com questões objetivas específicas e dissertativas, por área de atuação, para seleção de novos servidores públicos.
Pela manhã, os inscritos para os blocos de nível superior (1 a 7) responderão 20 questões objetivas de múltipla escolha sobre conhecimentos gerais e uma questão dissertativa de conhecimento específico.
Para o bloco de nível médio (bloco 8), a manhã será dedicada a 20 questões objetivas de múltipla escolha, além de uma redação.
Já à tarde, os candidatos dos blocos de nível superior responderão a 50 questões objetivas de múltipla escolha, de conhecimentos específicos. Enquanto os inscritos no bloco de nível médio farão mais 40 questões objetivas de múltipla escolha. As provas para o nível médio não incluem questões dissertativas.

Concurso
Os candidatos no primeiro CPNU disputarão as 6.640 vagas oferecidas no maior processo seletivo para o serviço público da história do país, realizado pela banca examinadora da Fundação Cesgranrio. Em todo o país, foram mais de 2,65 milhões de inscritos.
A divulgação dos resultados das provas objetivas e preliminares das provas discursivas e de redação está prevista para 3 de junho. Já a divulgação final dos resultados deve ocorrer em 30 de julho. No dia 5 de agosto, o governo federal iniciará a convocação dos aprovados para posse e cursos de formação.
Para mais informações sobre todo o processo do certame, acesse a página oficial.
 

 

 

Fonte: Daniella Almeida – Repórter da Agência Brasil - Br
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

q6k73