Linguagem: EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

Usina Angra 3 faz consulta para edital de licitação

Usina Angra 3 faz consulta para edital de licitação
[foto] - Usina Nuclear Angra 3, abre consulta para edital de licitação. Foto TV Brasil, Maurício Almeida
23-03-2024 18:55:07 (191 acessos)
Execução de obras e serviços destinados a finalizar o Empreendimento Angra 3, os quais incluem os projetos remanescentes de engenharia, aquisição de materiais e equipamentos, construção, montagem, instalação e apoio ao comissionamento da planta nuclear da Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto – CNAAA, em Angra dos Reis, Rio de Janeiro. São objetivos da licitação que será aberta após definição do edital e contrato que estão em consulta pública na Eletronuclear. Ideia é concluir Usina Angra 3

 


Quem estiver interessado em participar da

consulta pública pode ser acessar documentos

e fichário de  inscrição neste endereço.

Com apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que fará a modelagem técnica, financeira e jurídica do projeto, a Eletronuclear iniciou (240321) a consulta pública sobre licitação para conclusão das obras da Usina Nuclear Angra 3. A informação foi dada, no Rio de Janeiro, na sexta-feira (240322) pelo Banco, contratado pela Eletronuclear para estruturar o processo, que envolve a elaboração de minutas do edital de licitação e do contrato de serviços de engenharia, gestão de compras e construção (EPC, do nome em inglês engineering, procurement and construction).

A concorrência será internacional e buscará selecionar uma empresa ou consórcio com experiência necessária para concluir as obras da usina, prevendo posterior transferência da operação à Eletronuclear. De acordo com a estatal que administra a Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto, situada em Angra dos Reis, na Costa Verde do estado do Rio, a consulta pública é etapa necessária para o avanço do projeto e visa recolher contribuições que permitam aprimorar os documentos antes do lançamento do edital de licitação.

O BNDES e a Eletronuclear continuam revendo os demais estudos de modelagem do projeto. As duas instituições trabalham para incorporar as propostas de apontamentos feitas pela unidade técnica do Tribunal de Contas da União (TCU), que realizou avaliação preliminar ao longo de 2023.

Após a conclusão, os estudos serão encaminhados ao Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) a fim de subsidiar o cálculo do preço de energia a ser adotado no novo contrato de comercialização de energia de Angra 3.

 

 

Fonte: Eletronuclear
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

yPB6q