Linguagem: EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

ANP fecha revenda clandestina de gás no Rio de Janeiro

 

ANP fecha revendedora de gás no Rio de Janeiro por falta de registro
17-01-2022 20:50:24 (247 acessos)
Uma revenda clandestina de gás liquefeito de petróleo (GLP) foi fechada na comunidade de Tirol, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. A fiscalização estava no trabalho que vem sendo desenvolvido em todos os estados brasileiros para sanar irregularidades na co0mercialização de produtos combustí8veius. E ao exigir documentos, constataram que a revendedora não possuía registro na Agência Nacional de Petróleo (ANP). Foram, apreendi8dos 25 botijões e o proprietário encami8nha à delegacia de Taquara.

Participou da operação junto com a ANP, a Política Militar. Foram inspecionados todos os estabelecimentos que comercializam produtos derivados de petróleo, como combustíveis, na Zona Oeste no Rio de Janeiro. Objetivo é coibir irregularidades no mercado de GLP (gás de cozinha). 

A ANP realiza fiscalizações constantes no mercado de GLP,

em todo o Brasil. Em 2021, a Agência recebeu 1.416

denúncias direcionadas a revendedores de gás

de cozinha e fez 2.108 ações de fiscalização nesse

segmento, em 535 municípios de todas as regiões do Brasil. 

 

Essas fiscalizações resultaram em 403 autos de infração e 152 autos de interdição em revendas de gás no ano, além da apreensão de 4.223 vasilhames de GLP, a maioria botijões de 14 kg (P13), o tipo mais utilizado pelos consumidores residenciais. 

Denúncias sobre irregularidades no mercado de combustíveis podem ser enviadas à ANP por meio do 

Fale Conosco ou do telefone 0800 970 0267 (ligação gratuita). 

 

 

Fonte: ANP - Comunicação Social
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

7cBgN