22/06/2016 (19:00)

Produção de cereais no Brasil deve ser menor 11% em 2016

Cairá 11% em relação a 2015, a produção de cereais no Brasil, que terá em 2016 o total de 94,9 milhões de toneladas. Arroz terá 12,44 milhões de toneladas, considerada estável; mas trigo deverá aumentar 19%e chegará a 6,36 milhões de toneladas. Estimativas da FAO, indicam que o Brasil e a Argentina irão importar 9 milhões de toneladas até 2017.

 

Compras de cereais no exterior pelos 2 países, deve-se mais às importações de milho, que terá uma alta recorde de 1,5 milhão de toneladas. Estas são previsões da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

A produção de milho deve atingir 73,46 milhões de toneladas, uma redução de 14% na comparação com o ano anterior, menor nível em 5 anos. A colheita do produto em 2016, está em andamento e, apesar do aumento da área plantada, o tempo seco, associado ao fenômeno El Niño, reduziu significativamente os ganhos nos estados de Paraná, São Paulo e Mato Grosso.

Documento da FAO não faz referência à queda na produção de feijão. Mas há referências do IBGE que no Paraná, Estado onde mais se produz feijão, a colheita será 13% menor. É influência das chuvas causadas pelo El Niño que afetou toda a porodução agrícola brasileira.

 

 

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

Comente esta notícia 

 

N3vzIn