09/06/2016 (15:26)

Autorizados R$ 150 milhões para eleições municipais de outubro

Estão garantidos os recursos para a eleição municipal de 2 de outubro. Destinação de R$ 150 milhões ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), está publicada no Diário Oficial da União (160609) e foi assinada pelo presidente Michel Temer como medida provisória a título de "crédito extraordinário". Gilmar Mendes falou que o gasto seria de R$ 250 milhões.

 

 

160519 - 20:56 horas

 

Falta dinheiro para pagar

despesas da eleição

municipal no Brasil

Faltam R$ 250 milhões para custear as despesas com as eleições municipais de outubro de 2016. Quem diz isso é o próprio ministro Gilmar Mendes, novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Caso não sejam viabilizados os recursos, até a utilização das urnas eletrônicas deve ficar comprometida. Nem há mais como adiar as eleições.

“Como vocês sabem o fundo partidário sofreu um aumento significativo, portanto, se destacaram recursos para o fundo partidário e faltou para o TSE”, disse o Ministro a jornalistas após a sessão da Corte Eleitoral.

Mendes disse que já se reuniu duas vezes com o novo ministro do Planejamento, Romero Jucá, para tratar do tema e que o governo “está buscando uma solução para o tema”.

O presidente do TSE descartou a possibilidade de adiar as eleições. “Não podemos adiar. As eleições já estão marcadas e não podemos correr nenhum risco. Isso envolve contratos, fabricação de urnas, recomposição de urnas que não estão de acordo”.

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

Comente esta notícia 

 

3pBQVj