27/04/2016 (00:37)

Indústrias que abastecem Mitsubishi relutam em salvar a montadora

Corre o risco de ter de fechar as portas a Mitsubishi, que atualmente é a sexta fabricante de veículos do mundo. Quem observa agências de notícias do Japão, percebe que centenas de fabricantes de componentes já deixaram antever que não pretendem dar socorro à indústria por causa da origem dos problemas financeiros que estão por vir: falsidade;

 

Japoneses não costumam perdoar a mentira e a desonestidade. E até agora, já surgiu a informação concreta da federação de industriais do automotor, que a Mitsubishi vem praticando desde 1991, o uso de módulo que burla a emanação de gases poluenbtes no meio ambiente. Questão ambiental e defesa da natureza, é outro tema da essência da proteção dos japoneses.

Há um torpor sobre a indústria que já está contabilizando os prejuízos, muito acima de US$ 2 bilhões e não US$ 1 bilhão, como se está propalando. Na realidade nem há como avaliar até oi momento esse "furo" financeiro, sem descobrir quantos veículos com o software falsificado, estão vendidos pelo mundo. Primeira conta seriam 620 mil unidades.

A companhia já amarga prerujuízos incríveis na bolsa de Tokyo. As contas perdem-se no meio da tempestade mentirosa. Queda no valor das ações é algo palpável agora: caíram 50% do valor.

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

Comente esta notícia 

 

wxJWsf