09/12/2015 (22:33)

Inflação descontrolada chega a 10,48% em novembro

IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) completou a pesquisa que indicou inflação de 10,48% nos últimos 12 meses, até 30 de novembro. Há 12 anos a economia não registrava número tão elevado na vida dos brasileiros. Em 2003 o índice foi de 11,02%, mas os reflexos do Plano Real mostraram eficiência e foi chegar a certa estabilidade.

 

Pesquisa do IPCA (índice de preços ao consumidor amplo) chegou ao número de 1,02% entre os dias 1º e 30 de novembro de 2015. São marcas críticas estimuladas pela ação inclusive de pequenos comerciantes, que geralmente alegam que este ou aquele abastecedor aumentou e não há como deixar de repassar ao consumidor final. Se quiser provar isso vá à feira mais próxima de casa e atualmente até os sacolões, que recebem estímulos de governos municipais.

 

Modo de ser dos revendedores é de tal forma agressivo, que em feiras de sábados os preços ganham configuração explosiva sob alegações as mais diversas. Quando estgá frio é a geada e quando está quente é a chuva. Mas não são só os feirantes, pois o comportamento de remarcar preços é generalizado, atuando-se com liberaslidade em nome da chamada economia de mercado capitalista. Impera a liberdade de preços e o consumidor compra se quiser. Mas acabva comprando.

 

Apesar disso, o mais inflacionário é o Governo com gastos exorbitantes em contratações exageradas de pessoal e corrupção generalizada em contratos de serviços. Isso está claro nas penalizações decorrentes da investigação da Polícia Federal.

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

Comente esta notícia 

 

SWNAPf