06/10/2015 (21:44)

Brasil fica fora do acordo de 10 países e espera 15 anos pela Europa

Resultados muito negativos serão experimentados pela economia brasileira com o Acordo de Parceria Trans-Pacífico (TPP, sigla em inglês), firmado (151005) pelos EUA com 10 países como Japão, México, Peru, Chile, Austrália, Brunei, Canadá, Cingapura, Malásia, Nova Zelândia e Vietnã. Já aguardam inclusão Coreia do Sul, Taiwan, Filipinas e Colômbia.

 

Além dos inúmeros erros diplomáticos, o Brasil perdeu a chance de participar de amplos mercados para comercializar os produtos nacioinais. No mesmo objetivo vem tentando entrar há 15 anos no Mercado Comum Europeu, atraves de parceria semelhante a essa costurada pelos EUA e Japão. Mas não vançam os entendimentos e a despeito da insistência, não há uma luz no fim do tunel. Também torna-se mais difícil o acesso à China, que é um dos ambientes mais visados pela economia mundial.

 

Armando Monteiro, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, assegura que nada está perdido e que tem bons entendimentos para ingresso como parceiro na União Europeia. Ali também quem, comanda ações de cooperação são os EUA. Lembra que já existe acordo com o México onde espera colocar pelo menos 800 produtos brasileiros, o que somaria cerca de 2000, historicamente negociados. Também há entendimentos com a Colômbia e Peru.

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

Comente esta notícia 

 

oM1dfr