09/02/2015 (19:57)

Justiça manda pagar atrasados a aposentados do Fundo AERUS

Mais um caso de abuso aos direitos do trabalhador, pela demora da justiça no julgamento, acaba de ser parcialmente corrigido. Por ordem do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), aposentados e pensionistas das companhias aéreas Cruzeiro, VARIG e Transbrasil, receberam atrasados desde setembro de 2014 e o benefício de janeiro de 2015.

 

Fazem parte de um grupo de 20 mil profissionais que tiveram prejuízo com a extinção do Fundo. Desde abril de 2012 já morreram sem poder aproveitar os benefícios, em torno de 1.200 trabalhadores. pedido foi feito à justiça em 2006 e desde essa época os aposentados ficaram privados de ganhos, numa atitude irresponsável e desprezível por parte de quem caberia resolver. Agora a União terá de fazer mensalmente as transferências dos recursos aos benefiociários até que haja o julgamento defintiivo. 


Esta é a terceira vez que a Justiça concede a antecipação de tutela – a primeira foi em 2006 e a segunda, em 2012. Elas foram suspensas e não chegaram a ser cumpridas. No dia 19 de setembro, o desembargador Daniel Paes Ribeiro, do TRF-1, concedeu a antecipação de tutela para que os pagamentos voltem a ser feitos pela União e pelo Instituto Aerus.


"Conseguimos cumprir a parte mais importante que era a antecipação de tutela e a partir de agora trabalhar para uma decisão definitiva", diz publicação no Facebook na página Aposentados e Pensionistas Aerus. 

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

Comente esta notícia 

 

MqHhve