08/11/2014 (09:42)

Spam aumenta e ONU anuncia combate em todo o mundo

União Internacional de Telecomunicações (UIT) e a Internet Society estão em cooperação para capacitar técnicos em processos operacionais e políticas eficazes anti-spam. Para isso começou promover intercâmbio de conhecimento com especialistas e disseminar documentação de melhores práticas. Sistemas são considerados pragas da internet.

 

Ninguém gosta de ver sua caixa de e-mails invadida por spams. Essa “praga eletrônica” é responsável atualmente por cerca de 80% do tráfico mundial de correios eletrônicos e adiciona dificuldades principalmente em áreas de cobertura de banda larga insuficiente, criando congestionamento nas redes.


“Combater a ameaça crescente do spam e proteger os dados é uma preocupação global para a Internet legítima e os usuários de smartphones”, disse o secretário-geral da UIT, Hamadoun I. Touré. “Precisamos achar soluções que limitem o fluxo do e-mail indesejado intrusivo, que não apenas obstrui a Internet mas também implica em grandes custos.”


Para os especialistas das organizações parceiras, os custos relacionados aos gastos de banda larga, armazenamento e infraestrutura de rede são enormes e os riscos de segurança são ampliados em países em desenvolvimento. Com o aumento do acesso a redes sociais e uso de dispositivos eletrônicos conectados à rede, o problema tende a aumentar.


Para Touré, o setor de telecomunicação e as comunidades de Internet realizaram importantes avanços no combate ao spam, mas ainda há a necessidade de conscientização nos países em desenvolvimento sobre essas ferramentas. “A parceria tem a intenção de preencher essa necessidade”, concluiu.

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

Comente esta notícia 

 

7ltgXI