10/10/2014 (14:26)

NASA investiga planetas mais quentes no universo

Pesquisadores da NASA estão estudando os planetas mais quentes do universo. Já encontraram temperaturas próximas dos 3000 graus Fahrenheit e muito comuns os corpos celestes cuja existência é sempre à base 1000 graus de calor. Estudo é de utilidade porque descarta incialmente aquelas regiões astronômicas onde o conhecimento humano não pode ir.

 

Equiupamento utilizado para essas "incursões" é o telescópio Hubble. Objetivo é realizar4 um mapa o mais completo possível sobre esses corpos celestes cuja vida é permanente turbulência. Mas todos estão fora do sistema solar e écnica do homem, consgue mostrar quais os níveis de evaporação.


O exo-planeta WASP-43b, "não é um lugar para se chamar de lar" porque tem ventos com velocidade não pensada e temperaturas de 3000 graus Fahrenheit durante o "dia" e à "noite" mais de 1000 graus.

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

Comente esta notícia 

 

QNTi5h