28/09/2013 (21:58)

Campanha estimula notificação de mortes de doadores de órgãos

Incentivar profissionais de saúde à notificação de mortes para oportunizar doação de órgãos e estimular famílias; são motivos de campanha no Brasil. Estratégia é fazer que médicos e outros que atuam em hospitais e clínicas, comuniquem a morte cerebral de pacientes às centrais estaduais de transplantes.

 


Para doar um órgão ou tecido, não é preciso assinar documento por escrito. A família deve estar ciente da vontade, pois é ela que autoriza a doação em caso de morte cerebral. No entanto, a recusa de parentes em autorizar a doação é apontada pelo Ministério da Saúde como um dos obstáculos para aumentar o número de transplantes no país.

Em 24% dos casos de morte cerebral, a família não autoriza a doação.

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

Comente esta notícia 

 

7JljTG