23/04/2019 (12:33)

Produção de etanol no Brasil atinge recorde: 33,58 bilhões de litros

Recorde de 33,58 bilhões de litros, vai atingir a produção de etanol no Brasil para 2018-2019. Superou 23,3% a safra de 2017-2018, que significa 6,3 bilhões de litros a mais. Foi a queda nos preços do açúcar, comercializado no mercado internacional, que influiu nesse resultado, conforme a CONAB, Companhia Nacional de Abastecimento.

 

Dados são do quarto levantamento da safra de cana-de-açúcar 2018/2019 e mostram que, no caso do etanol hidratado, a produção deve ser de 22,99 bilhões de litros, 41,5% ou 6,7 bilhões de litros a mais que o ciclo anterior. Antes, a maior produção de álcool hidratado alcançada, havia sido de 19,6 bilhões de litros, na safra 2010/2011.

O levantamento mostra que houve redução

no caso do anidro, que é utilizado na mistura

com a gasolina. A produção ficou em 10,59

bilhões de litros, 3,7% a menos que no período anterior.

Ocorreu esse aumento na produção de etanol nesta safra principalmente em função da queda de preços do açúcar no mercado internacional e a um cenário mais favorável para o etanol no mercado interno, frente à alta do Dólar e do petróleo, de acordo com a CONAB. A junção desses fatores fez com que as unidades de produção aumentassem a destinação de cana-de-açúcar para a produção de etanol.

Apesar dos números positivos, os reve3ndedores de combustíveis aumentaram o preço do etanol ao consumidor. Passou de R$ 2,78 para R$ 3,09; algo inexplicável. Isso foi feito antes da implantação dos novos valores para o Diesel, que gerou movimentação de caminhoneiros e Governo, em Brasília.

Cana-de-açúcar

A safra da cana foi de 625,2 milhões de toneladas, apresentando redução de 1,3% em relação à anterior de 633,26 milhões de toneladas. A produção de açúcar atingiu 31,35 milhões de toneladas, um decréscimo de 17,2% ou 6,5 milhões de toneladas, se comparado à safra anterior. A área colhida ficou em 8,59 milhões de hectares, o que representa uma redução de 1,6% se comparada a 2017/2018.

Fonte: Agência Brasil

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

Comente esta notícia 

 

mZ5QLf