25/03/2019 (23:56)

Nike é multada na União Europeia em 12,5 milhões de Euros

Porque impunha restrição ilegal aos comerciantes proibindo a venda de mercadorias licenciadas nos países membros, a União Europeia aplicou multa de 12,5 milhões de Euros à Nike. Empresa não permitiu comercialização nos países de origem, a clubes como Barcelona, Manchester United, Inter de Milão, Roma e Juventus. Também não permitiu federações.

 

Advogados estão tentando reverter a posição da justiça Europeia, mas pode ser em vão. Processo vem desde meio do ano de 2017 e foi antecedido por conversações longas durante bom tempo; mas sem sucesso. Foi então que as autoridades oficializaram uma investigação contra a prática de truste, métodos de distribuição e licenciamento.

A conclusão foi que houve transgressão das normas ou regras de concorrência na União Europeia. A indústria realmente estava limitando a atuação de concorrentes e comerciantes, há 13 anos.

Justiça mandou cumprir as regras, que oportunizam aos comerciantes e contratantes, consumidores, usuários coletivos, aproveitar ao máximo as chances de mercado e a capacidade de compra dos estados-membro.

A Nike vende vestuário esportivo, calçados, aproveitados pelas federações, associações e clubes não só na UE, mas no mundo todo. E entre as mercadorias aparecem pela marca tudo o que se pode imaginar, desde brinquedos, malas, bolsas, canecos, copos, roupa de cama e mesa.

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

Comente esta notícia 

 

Iqt1UV