24/09/2018 (21:08)

Fundo eleitoral dá R$ milhões a candidaturas. PSDB tem R$ 46,26 milhões.

PSDB, MDB e PT são os partidos mais abastecidos com dinheiro público do fundo eleitoral para fazer campanhas nas eleições de 7 de outu8bro de 2018. Números foram liberados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas são parciais porque arrecadações continuam. Nota-se que as doações aos concorrentes estão inibidas, mais uma amostra contra políticos.

 

Geraldo Alckmin (PSDB) é o candidato com maior

arrecadação, num total de R$ 46,4 milhões.

R$ 46,26 milhões (97,8%) são originários do Fundo

Eleitoral. Verbas arrecadadas. representam só 0,87%.

 

Henrique Meirelles (MDB) dispõe de R$ 45 milhões. Todo o recurso é do próprio candidato.

Fernando Haddad (PT) está contando com R$ 20,6 milhões em receitas. A quase totalidade, R$ 20 milhões (97,1%), veio do Fundo Eleitoral. Obteve R$ 598 mil com financiamento coletivo.

Ciro Gomes (PDT) conta com R$ 16,1 milhões do Fundo Eleitoral.

Marina Silva arrecadou R$ 7,2 milhões. Da soma de verbas, R$ 6,1 milhões vieram de doações do Fundo Eleitoral; R$ 260 mil foram de financiamento coletivo e o restante de 21 doadores.

Álvaro Dias (Podemos) declarou ter recebido R$ 5,2 milhões. Deste total, R$ 3,2 milhões (62,5%) foram oriundos do Fundo Eleitoral e 37,9% de doações diversas. A iniciativa de financiamento coletivo do candidato representou apenas 0,63% do total.

Guilherme Boulos (PSOL) recebeu até agora R$ 5,99 milhões, sendo R$ 5,97 milhões provenientes do Fundo Eleitoral. O restante foi arrecadado por meio de financiamento coletivo.

João Amoêdo (Novo) recebeu até o momento R$ 2,4 milhões, recursos oriundos de filiados e apoiadores.

José Maria Eymael (PSDC) levantou R$ 849 mil do Fundo Eleitoral.

Jair Bolsonaro (PSL) arrecadou R$ 688,7 mil. Desse total, quase a metade foi proveniente do Fundo Eleitoral (R$ 334,75 mil). Outra parcela de R$ 332,8 mil foi obtida por meio de financiamento coletivo.

Vera Lúcia (PSTU) declarou receitas no valor de R$ 401 mil, praticamente toda oriunda do Fundo Eleitoral. A candidatura levantou apenas R$ 1,8 mil por meio de financiamento coletivo. João Goulart Filho (PPL) levantou R$ 231,8 mil, sendo R$ 230 mil do Fundo Eleitoral e o restante R$ 1,8 mil de financiamento coletivo.

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

Comente esta notícia 

 

y9rUwW