30/07/2018 (18:57)

Árbitro de vídeo, o VAR, já será usado na Copa do Brasil esta semana

Grêmio x Flamengo, Corinthians x Chapecoense, Santos x Cruzeiro e Bahia x Palmeiras; são os jogos da Copa do Brasil programados para esta semana (30 de julho a 6 de agosto de 2018) que terão pela primeira vez a perícia da arbitragem de vídeo (VAR, nome em Inglês). Ao custo médio de R$ 50 mil por partida, benefício será cedido mediante pedido.

 

Video assistant referee ou VAR, foi instrumento que qualificou a arbitragem em todos os jogos da Copa do Mundo na Rússia. Sérgio Corrêa, que coordena a arbitragem de vídeo no Brasil, pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), informou que apesar do custo inicial ser de R$ 50 mil, os gastos definitivos para a implantação em 14 jogos da Copa do Brasil, só serãio conhecidos ao final da comeptição.

Manoel Serapião, instrutor de arbitragem e organizador do VAR, afirmou que a aplicação do recurso vai impedir o cometimento de erros grosseiros em arbitragens. E terá o benefício de impedir dúvidas em lances decisivos. Dos 80 profissionais qualificados, 32 já estão aptos a atuar no VAR.

“Estamos contentes pelo benefício do VAR para o futebol, para evitar erros claros. A filosofia é o respeito ao telespectador. No caso da Copa do Brasil, vamos usar todas as câmeras usadas pela empresa de transmissão. Serão de 14 a 15 câmeras, dependendo da empresa, Globo ou Fox. Mas com sete câmeras, mais uma invertida, já cobrimos 95% do que ocorre em campo”. São palavras de Serapião ao explicar o empreendimento.

Falou que o VAR será utilizado em toda situação de gol, como impedimentos, faltas ou mão na bola, pênaltis e cartão vermelho. Em 2018 não será possível utilizar o sistema no Camjpeonato Brasileiro, o Brasiledirão, pela grande quantidade de partidas, geralmente 10 ao mesmo tempo. Previsão é de 99% de acertos e o VAR encontra-se ao dispor para qualquer competição. A CBF vai bajncar a implantação na Copa do Brasil.

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

Comente esta notícia 

 

8QtqRG