09/10/2017 (20:20)

Brasileiros com mais de 60 anos serão 29,3% em 2050. Idoso sofre.

Em 2050 brasileiros com mais de 60 anos serão 29,3% da população. No início do século XXI o índice era de apenas 9% e 15 anos depois já havia saltado para 14,3%. O avanço de pessoas idosas é motivo de discussões em todos os níveis da administração pública, mas pouco se tem conseguido em proteção que o Estatuto assegura, nem mesmo qualidade de vida.

 

Parlamentares em Brasília e autoridades miltiplicam discursos sobre valorização

dos "mais velhos" e garantia de benefícios para que tenham vida saudável. Mas na

prática nada se realiza. Para fazer comprovação vá ali numa sede do Judiciário e

peça quem são os autores de processos mais demorados, que esperam o cumprimento

de sentenças judiciais. Sem surpresa a maioria é composta de pessoas de

idade avançada. Milhares morrem esperando o pagamento de benefícios que

não receberam, geralmente pela incúria administrativa do Estado brasileiro.

Pelo Estatuto as pessoas com mais de 60 anos têm direito a não pagar passagens em ônibus coletivos, mas as empresas de transporte de passageiros impõem limites e burocratizam a atenção aos que procuram. Descontos em atividades culturais, de lazer e desporto são praticamente nulas. Hoje conseguem em alguns lugares o benefício de vagas para estacionar, atenção prioritária em bancos. Mas igualmente difícil será conseguir remédio gratuito. Medicamentos, que isdosos necessitam em maior quantidade, são cobrados a preços mais elevados.

Pior é a atenção judiciária e policial. Por isso muitos idosos vivem sofrendo (veja em www.noticiario.com.br as denúncias anônimas ou não) agressões físicas e verbais, exploração dos aposentados idosos em salários e outros ganhos. Acesso é o mais burocrático que existe e o resultado é o abandono dessa opção peloa continuidade do sofrimento.

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

Comente esta notícia 

 

DtIB5Y