30/09/2017 (21:22)

Doenças do coração, mal do mundo e do Brasil. Veja aqui como evitar.

Doenças cardíacas estão entre as primeiras causas de morte em todo o mundo. No Brasil, segundo dados do Instituto Lado a Lado pela Vida (que cita a Sociedade Brasileira de Cardiologia), ocorreram 3.153.175 óbitos por doenças do coração. Referência é desatualizada: período entre 2004 e 2013. Significam uma ocorrência a cada 40 segundos.

 

Há uma preocupação quase secular entre os responsáveis pelo sistema de saúde; os quais no entanto não conseguem, superar a falta de esclarecimento. Estão ao dispor do invidíduo, todas medidas que pode evitar um quadro de saúde tão grave como esse dos recordes de mortes.

Prevenir a doença cardíaca não é só sentir dores no peito e ir ao médico para

tomar o remédio. É preciso disciplina e dedicação ao corpo. É quase um ato

de teimosia, adotar regras de vida que para os relaxados podem se mostrar

obsecação, mas que na realidade são defesa de uma vida saudável e feliz.

Prevenir não é só evitar os "fatores de risco" tal como pedem os médicos: não fumar e não ficar gordo.

 

Um dos segredos mais importantes é a nutrição. Tem que ser qualificada desde o

nascimento, quando as pessoas começam envelhecer. Evitar as gorduras que estão

nas carnes de todos os tipos, é a primeira das regras essenciais. E os obesos nem

imaginam quanto sacrifício representa isso! Primeiro a luta para perceber os benefícios,

que leva anos. Depois a própria execução das comidas. E a maior dificuldade é

impor limites, pelo menos acostumando-se a comer em 6 refeições, sendo a última, a mais leve.

 

Verduras, frutas, carnes magras, menos sal que pode ser substituído por essências como temperos, exercícios físicos pelo menos 2 vezes por semana e decretar o fim do estresse nas relações do dia-a-dia, são alguns segredos da vida saudável. Artérias que conduzem o sangue ao coração, preservando aquela "pressão de jovem", não suportam as gorduras das linguiças, dos embutidos em geral, das frituras, dos churrascos, das feijoadas e tantas outras opções das mesas alimentares desregradas.

 

2 comentários para a notícia

Avatar

Rose Messias dos Santos

29/09/2017 às 16:57

Muito importante a conscientização feita pelo Noticiário.

Avatar

NILSA

29/09/2017 às 14:40

Muito bom!

Comente esta notícia 

 

vXxTGr