04/08/2017 (16:52)

Porto de Paranaguá embarca recorde de soja: 6,7 milhões de Toneladas

De janeiro e junho, foram exportadas pelo Porto de Paranaguá (Paraná), 6,7 milhões de toneladas de soja. Isso representa 3000 toneladas a mais que o embarcado no primeiro semestre de 2016. Diz a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA) que a conquista é fruto de investimentos de R$ 620 milhões para atender o setor produtivo.

 

Investimentos renderam aos Portos de Paranaguá e Antonina 33% de aumento

na produtividade durante os últimos anos. Foram executadas reformas do cais,

substituição de equipamentos antigos por modernos e mais eficazes, trocas

de equipamentos, campanhas de dragagem e novos processos

automatizados, que dão mais agilidade e segurança às operações.

 

A primeira colheita de soja em 2017 foi histórica e a maior no Paraná. Foram colhidas 19,5 milhões de toneladas, que significam 3 milhões a mais que o registrado em 2016 (16,5 milhões de toneladas), equivaleente a 19%. Dados são do Departamento de Economia Rural (Deral).

Marcelo Garrido, economista do Departamento explica que a produção histórica em 2017, deve-se a diversos fatores, com destaque para o clima, a qualificada organização das cooperativas agrícolas, o mercado e as boas condições de escoamento. “O que temos observado, atualmente, é que o Porto de Paranaguá está totalmente preparado e as condições de operação, mais que suficiente para exportação dos produtos paranaenses”.

Porto de Paranaguá acaba de inaugurar 2 tombadores no silo público; os primeiros em silos públicos no País, que tornam o descarregamento dos caminhões mais rápido e automatizado. Estrutura nova permite quase dobrar a capacidade de descarga de caminhões. Antes disso eram recebidos, em média, 400 caminhões por dia na área. Com os aportes, de R$ 22,2 milhões, a capacidade passa a ser de cerca de 700 caminhões por dia.

Ponto final nas filas

Apesar do alto número de veículos de carga que descarregam em Paranaguá, que na

época de safra chega a 2.500 por dia, os investimentos em logística eliminaram as

filas de caminhões e longos períodos de espera para os caminhoneiros no Porto.

Apenas neste ano, o Pátio de Triagem de Caminhões do Porto

de Paranaguá recebeu 228.233 caminhões. O número corresponde a 4.565

veículos a mais que o número registrado no mesmo período do ano passado.



“O mais importante é que conseguimos aumentar a produtividade do Porto e, consequentemente, o número de caminhões que descarregam em Paranaguá. Ao mesmo tempo, conseguimos zerar as filas que geravam transtornos para a cidade e para as movimentações de cargas”, ressalta Dividino.

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

Comente esta notícia 

 

32zos4