28/12/2016 (22:59)

Excesso de calor dá autuação ao Aeroporto Santos Dumont. no Rio

Excesso de calor que dominou as instalações do Aeroporto Santos Dumont no Rio de Janeiro, gerou autuação do PROCON e a exigência de 30 dias para que o problema esteja sanado. Quem responde à medida é a INFRAERO, porque não adotou soluções para evitar o sofrimento de milhares que têm de suportar temperaturas acima de 40 graus no saguão de embarque.

 

Em mais um dia de calor de 40 graus Celsius (°C) na capital fluminense, o Procon-RJ autuou hoje (28) a Empresa Brasileira de Infraesturura Aeroportuária (INFRAERO) por falhas no sistema de refrigeração do Aeroporto Santos Dumont, no centro da cidade. Os fiscais do órgão estadual constataram que a temperatura no interior do aeroporto estava muito alta, causando desconforto às pessoas que passavam pelo terminal.

Os agentes deram o prazo de 30 dias para a empresa adequar o sistema de refrigeração. A ação do Procon-RJ (161228) foi a terceira e última etapa da Operação Adeus Ano Velho. Ocorreu também em 18 estabelecimentos comerciais do Santos Dumont, além da própria Infraero.

INFRAEREO informou que o "sistema de ar condicionado do Santos Dumont está 100% operacional".

 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.

Comente esta notícia 

 

GOwoHb