Mudança do clima ameaça 31 sítios do Patrimônio Mundial
Na Índia as Grutas de Elefanta, são um exemplo de patrimônio mundial em risco de desaparecimento
08-07-2016 21:04:06 (656 acessos)
Modificar o comportamento de turistas para que se engajem na redução de emissões de carbono e protejam os recursos naturais e culturais do mundo. Esta é uma proposta da Union of Concerned Scientists (União dos Cientistas Preocupados). Grupo apelou aos governos e empresariado para ações que socorram 31 sítios mundiais em risco nos 29 países.

Cientistas conduziram um relatório com o nome de “Patrimônio Mundial e Turismo diante da mudança climática”. Ali estão documentados os impactos climáticos em locais turísticos emblemáticos como Veneza, Stonehenge e as Ilhas Galápagos, entre outros. Aqui está a relação dos bens do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural da Humandiade que a União dos Cientistas reelacionou.

 

Africa

Arab world

Asia and the Pacific

North America

Latin America

Europe

 

 

Apontando que o Patrimônio Mundial deve ter “valor universal excepcional”, o relatório recomenda que o Comitê do Patrimônio Mundial deve considerar o risco de que sítios potenciais se degradem pela mudança climática antes mesmo que sejam adicionados à lista.

Refere-se à necessidade urgente de se identificar os sítios do Patrimônio Mundial que são mais vulneráveis às mudanças climáticas, para que se implemente políticas e se forneça recursos para diminuir a vulnerabilidade destes locais.

Além disso, o relatório pede maior esforço global para atender ao Acordo de Paris sobre o clima, a fim de preservar sítios do Patrimônio Mundial às gerações futuras.

Entender mudança do clima

“Globalmente, precisamos entender melhor, monitorar e combater as alterações climáticas que ameaçam os sítios do Patrimônio Mundial”, disse Mechtild Rössler, diretora do Centro do Patrimônio Mundial da UNESCO. “Como as conclusões do relatório enfatizam, alcançar o objetivo do Acordo de Paris e limitar o nível de aumento da temperatura global a menos de 2 graus Celsius é de vital importância para a proteção do nosso Patrimônio Mundial para as gerações atuais e futuras.”

“A mudança climática está afetando sítios do Patrimônio Mundial em todo o mundo”, disse Adam Markham, o principal autor do relatório e diretor adjunto do Programa de Clima e Energia da UCS.

“Algumas estátuas da Ilha de Páscoa correm o risco de serem engolidas pelo mar por causa da erosão costeira. Muitos dos mais importantes recifes de coral do mundo, incluindo nas ilhas de Nova Caledônia, no Pacífico ocidental, sofreram branqueamento do coral sem precedentes, ligado à mudança climática deste ano. As mudanças climáticas poderão, eventualmente, até mesmo fazer com que alguns sítios do Patrimônio Mundial percam seu status”, acrescentou.

 

Fonte:
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

a8C6R