Leilão de 22 aeroportos do Brasil supera R$ 3,302 bilhões

 

Bloco de aeroportos do Sul do Brasil venceu com a oferta de R$ 2,128 bilhoes. Aeroporto de Curitiba.
07-04-2021 11:36:18 (73 acessos)
Aeroportos do Bloco Sul foram arrematados pela Companhia de Participações em Concessões, com a proposta de R$ 2,128 bilhões, que também venceu no Bloco Central com a proposta de R$ 754 milhões. No Bloco Norte os aeroportos foram arrematados pela melhor proposta ofertada que foi a Vinci Airport com R$ 420 milhões. Nicolas Nobaert, diretor da empresa Vinci Airport, vencedora no Bloco Norte, garantiu administração com sustentabilidade das unidades.

Foi o reinício de um novo período de privatições promovido pelo Governo Federal. Essa etapa, como disse o ministgro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, é de "celebração" porque as empresas acreditaram na "ousadia" e confiaram no "futuro do Brasil".

Tarcísio lembrou que o País tem desafios que estão sendo enfrentados com decisão e aprimorament6e das estruturas, "respeitando contratos". Falou do trabalho da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), a gência reguladora que chamou de "competeente".

Sobre o País como potencial ambiente para investidores, indicou a "severa competição" internacional que está ocorrendo. Daí as concessões na área de infraestrutura e outras, promovidas pelo Governo Federal. E indicou os benefícios dessa busca, em favor do desenvolvimento e empregos. Disse que está seguro disso com o desfecho do leilão agora encerrado. "O investimento na infraestrutura aeroportuária é fundamental" e o que acaba de acontecer na B3, em São Paulo, mostra o acerto ao0s que criticaram no início do processo.

Muitas autoridades participaram do evento de concessão. Estavam ali o ministro do Turismo Gilson Machado e o governador do Paraná, Ratinho Junior.

Valores de cada bloco

Observe a diferença entre os valores ofertados e os arrematados em cada bloco.

Bloco Norte ficou definido em R$ 47.865.091,02; o Bloco Sul, em R$ 130.203.558,76, e o Bloco Central, em R$ 8.146.055,39. Tal valor é pago imediatamente após o leilão, acrescido de ágio ofertado pela licitante.

O valor dos contratos contempla a receita estimada de toda a concessão, totalizando R$ 14,5 bilhões para os três blocos, sendo R$ 3,6 bilhões para o Bloco Norte; R$ 7,4 bilhões para o Bloco Sul e R$ 3,5 bilhões para o Bloco Central. Total do investimento previsto para a sexta rodada é de R$ 6,1 bilhões.

 

Fonte: Moreira, Luiz Nunes Moreira
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

wPc23