No G20, retrato de um Brasil que surpreende na recuperação

 

Industria mostra impulso e cresce no Brasil, apesar dos graves problemas do isolamento da pandemia
21-11-2020 12:32:00 (39 acessos)
Surpreende e tem superado as expectativas internacionais; este é o retrato da economia do Brasil, mostrado aos responsáveis pelas finanças, na abertura (20201120) da reunião do G20 pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Fala da autoridade ao lado do presidente Jair Bolsonaro, vem sendo avalizada pelos segmentos da produção industrial e bons resultados da administração pública, sobretudo estatais que passaram a dar lucro em vez de prejuízo.

Guedes ressaltou as medidas de emergência aplicadas pelo Governo para enfrentar a crise econômica provocada pela reclusão de empresas e instituições, para evitar contágio do coronavírus. Referiu-se a ações como o auxílio emergencial para as populações mais vulneráveis e o programa de suspensão de contratos de trabalho e de redução de jornada, que contribuíram com a preservação de milhões de vagas de emprego e com a retomada de produção.

Ministro reiterou o compromisso com a defesa das reformas estruturais após o fim da pandemia. Entende que a retomada dessa agenda viabiliza a recuperação econômica sustentada com a participação plena do setor privado. Em linha com os demais países, defendeu a promoção de uma agenda que amplie os investimentos em economia digital e em infraestrutura sustentável.

Presidente Bolsonaro

Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Economia, estão na Reunião de Cúpula do G20, coordenada pela presidência da Arábia Saudita, hoje (sabado) e domingo (20201122).

Chefes de estado e de governo assinarão uma declaração de líderes com diversas ações do grupo. Entre as principais iniciativas, estão o Plano de Ação do G20 para apoiar a economia internacional durante a pandemia de covid-19, a suspensão do serviço da dívida externa de países mais pobres, apoio à tecnologia no setor de infraestrutura e tributação da economia digital.

Segundo o Ministério da Economia, as medidas ajudarão economias em desenvolvimento em situação financeira mais vulnerável por causa da pandemia. A participação de Guedes nos dois dias de encontro será fechada à imprensa.

Príncipe da Arábia

Responsável atual pelo G20, o príncipe da Arábia Saudita, Mohammed Bin Salman, assinou documento que reforça o propósito do evento na procura de “maneiras para restaurar o crescimento e construir um futuro melhor com inclusão, resiliência e sustentabilidade em seu cerne."

Diz a nota que "a cúpula deste ano tem mais significado, pois o mundo está olhando para os esforços do G20 em proteger vidas e meios de subsistência e ajudar na recuperação pós-pandemia. Os líderes do G20 também abordarão questões para preparar o caminho para uma recuperação econômica inclusiva, sustentável e resiliente e estabelecer as bases para um futuro melhor. Os objetivos da presidência saudita do G20 se concentram em capacitar as pessoas, protegendo o planeta e criando novas fronteiras.”

Itália vai presidir o G20 em 2021, e já anunciou que vai trrabalhar sob o lema “Pessoas, Planeta e Prosperidade”.

 

Fonte: G20 e Agência Brasil
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

D76RN