Centro Integrado em Foz do Iguaçu, reforça combate a crimes
Nas tres fronteiras, em Foz do Iguacu, Brasil instala centro integrado de seguranca contra os crimes
16-12-2019 23:06:00 (206 acessos)
Ilícitos transfronteiriços, como o tráfico de drogas e de armas, terrorismo e lavagem de dinheiro. São os crimes que vai combater, o Centro Integrado de Operações de Fronteira (CIOF) agora inaugurado em Foz do Iguaçu. Atuação é definida pelo ministro Sérgio Moro como "estratégica" porque abrange os países da fronteira, Paraguai e Argentina. Centro deve fortalecer segurança sobretudo nas exportações e importações e, enfrentar o crime organizado.

CIOF está fortalecido pelos recursos materiais e humanos da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Agência Nacional de Inteligência, Ministério da Defesa, Unidade de Inteligência Financeira (o antigo Coaf), Receita Federal, Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica internacional e o Departamento Nacional Penitenciário.

É justamente essa integração das forças policiais e de segurança que poderá modificar o panorama da criminalidade até aqui encontrada na região da tríplice fronbteira. Unidades assemelhadas o Ministério já implantou nas regiões nordeste, norte e sul.

A base física do centro em Foz, tem área de 600 metros quadrados e fica no Parque Tecnológico de Itaipu. Segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, funcionará como uma espécie de escritório de comando e controle para as operações ostensivas, integrando agentes dos órgãos e agências participantes.

“Não é um centro para servir a Foz do Iguaçu, embora, evidentemente, vai trabalhar e melhorar o contexto de segurança pública e Justiça da cidade, mas servirá à segurança do país inteiro já que, muitas vezes, pessoas mal intencionadas e criminosos utilizam a região para passar drogas e armas para o país inteiro”. Assim falou o ministro da Justiça e Segurança Pública. Explicou que esse é um projeto modelo que poderá ser expandido para outras localidades no País.

Abertura da unidade representa a materialização da ideia de integração entre as forças federais, estaduais e municipais, que o Ministro tem se empenhado. Durante cerimônia de inauguração (191213) do Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública - Regional Norte (CIISPR-Norte), em Manaus, o Ministro falou que a associação dos esforços antes isolados permite o compartilhamento de banco de dados, de inteligência. E#stratégia vai permitir um diagnóstico mais preciso das necessidades de Justiça e de Segurança Pública locais.

Centro Integrado é semelhante ao modelo de escritórios norte-americanos de monitoramento e que foi instalado em local estratégico, em razão da Tríplice Fronteira. "É como se houvesse uma força-tarefa permanente, com o objetivo de prevenir e reprimir os crimes de fronteira. Por isso, a localização estratégica em Itaipu.”

Tendência é que esses centros também contem com representantes de países que fazem fronteira com o Brasil.

 

Fonte: Agência Brasil
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

DF7zy