Mobilidade pelo mundo é cara, ineficiente e insegura. Precisa mudar.
Esta imagem impressionante, de 2011, no Paquistao, retrata o estado da mobilidade pelo mundo.
06-11-2019 10:20:56 (427 acessos)
Caro, ineficiente e inseguro, assim foi avaliado por especialistas e lideranças mundiais, o sistema atual de mobilidade. Na maioria dos casos é falho e por isso os organismos estudam meios de atender pelo menos 1 bilhão de habitantes da Terra, aqueles que habitam na área rural e que necessitam acesso às estradas e serviços de transporte. A sustentabilidade móvel pode conectar esse bilhão de pessoas, aumentando o GDP (Gross Domestic Product) para 2.6 trilhões contra 1.9 gigatons de CO2.

Novo "roadmap"para guiar à mobilidade futura, mais eficiente e sustentável contou com profissionais da maioria dos países. Na reunião (191023) do UNCTAD (United Nations conference on Trade and Development) de Genebra (Suiça) profissionais definiram estas ações:

GRA:
18 meses de trabalho,
55 organizações influentes,
180 experts e consultores,
50 organizações públicas de tomada de decisão,
25 corporações privadas,
todos no objetivo de transformar o futuro da mobilidade.
 
Ao final garantiram que a sustentabilidade móvel pode conectar 1 bilhão de pessoas aumentando o GDP (Gross Domestic Product - trata-se de um indicador macroeconômico muito usado pelos planejadores e governos do mundo). GRA (global roadmap map action) segue a  pesquisa de mobilidade global de 2017, primeira discussão no setor de transporte no cenário internacional.
 
As únicas ferramentas que permitem a redução da poluição,também integram a qualidade do ar, clima e sustentabilidade da mobilidade.
Pela primeira vez, com GRA, surge uma visão clara e imediata ação, trabalhando com países e indústrias com grupos de trabalho, previsões e projetos impactantes
 
Segundo o GRA global, 1 bilhão de pessoas a mais, estariam conectadas à educação, trabalho e saúde, se o transporte melhorar o acesso às áreas rurais.
 
Com o crescimento e urbanização do comércio e tecnologia
mundiais, o sistema está estressado. Mais de 1 bilhão de
pessoas ou seja, um terço da população rural necessita
acesso às estradas e serviços de transporte que são as
maiores barreiras para o desenvolvimento social e econômico.
 
 
GRA auxiliará a urgente sustentabilidade, oferecerá políticas concretas e soluções aos países que possam adotar e adaptar a mobilidade sustentável. Vai identificar problemas e adaptabilidade que sejam apropriadas para contribuir com o desenvolvimento do sistema de transporte, em 2030.
 
Desenvolvimento e infraestrutura em comunicação, administração e transporte poderá aumentar o GDP global para US$ 2.6 trilhões e o adicional de 1.6 bilhões de pessoas que passariam desfrutar de transporte sem poluição ambiental.
 
A mobilidade é o fator principal para o progresso humano mas também o maior contribuidor para emissão de CO2. Neste sentido GR é um Marco histórico! Desafio é alcançar maior mobilidade para mais pessoas com menor impacto ambiental. GRA- "global roadmap map action" é uma nova fonte para definir a sustentabilidade, progresso e mobilidade humana.
 
De acordo com Olga Algayerova, secretária executiva da UNECE, as convenções das Nações Unidas no transporte terrestre proporcionam uma regulamentação legal dos sistemas de transporte mundial e também a eficiente mobilidade segura de pessoas e mercadorias .Esta conectividade garante a economia de tempo e custo no comércio entre países.
 
Sem mobilidade sustentável é impossível desejar mais seguras limpas e equitáveis sociedades no mundo, agora e para as futuras gerações.
GRA oferece oportunidades de progresso aos países, estimulando o progresso do transporte público visando que as cidades sejam mais sustentáveis. 
 
Trata-se de um ambicioso esforço com o objetivo de identificar
medidas para descarbonizar o transporte, acelerando o progresso
e aumentando a produtividade, com o auxílio  dos governos
locais, para criar mais oportunidades às futuras gerações.
 
"Desafios globais,requerem soluções globais" e o transporte
sustentável não é excessão.O senso de comunidade
e colaboração é a solução para todos os envolvidos.

 

Fonte: UNCTAD - tradução Vera Costa
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

PmJsD