Ferrari e McLaren retiram propaganda de tabaco no GP Austrália
McLaren seguiu a Ferrari e não colocou marca de industria do tabaco. Ferrari lembrou os 90 anos.
17-03-2019 13:35:35 (996 acessos)
No primeiro Grande Prêmio de Fórmula 1, em Melbourne, Austrália, Ferrari e McLaren não exibiram as marcas de indústria do tabaco. Há um contrato da escuderia italiana com a Philip Morris e até os últimos dias era dúvida se a empresa colocaria os nomes "Mission Winnow" nos dois carros. Isso não aconteceu e nas Nações Unidas (ONU) há comemoração.

Decisão dos competidores foi um gesto que atendeu aos

reclamos do Governo australiano, muito sintonizado com

os compromissos de 195 em defesa da saúde e do meio

ambiente. É isso que a Organização Mundial da Saúde (OMS)

espera de todos as autoridades onde forem reaalizadas as corridas de Fórmula 1.

 

190317 - 00:56 horas

OMS pede proibição de propaganda de tabaco na Fórmula 1 e MotoGP

 

Proibir propaganda de tabaco nas competições de fórmula 1 e quaisquer outras do automobilismo internacional; é o que está apelando aos governos locais a Organização Mundial da Saúde (OMS). British American Tobacco (BAT) anunciou parceria com a equipe de Fórmula 1 McLaren, usando o slogan a better tomorrow (um amanhã melhor).

Campeonato Mundial de Fórmula 1, está começando na Austrália (190317). Mas a Federação Internacional de Automobilismo não se pronunciou a respeito, por ser uma questão diretamente vinculada às empresas participantes. mas o assunto vai chegar ao centro da administração do campeonato, cedo ou tarde, garantem os dirigentes da Organziação das Nações Unidas (ONU).

OMS insiste que haja proibição da publicidade, promoção e patrocínio pela indústria do tabaco, em eventos esportivos. Quer decisão de autoridades para que a medida seja cumprida, inclusive na MotoGP. Para obter apoio, promoveu diálogo com entidades desportivas e pediu empenho de todos pelo cumprimento.

O chamado do organismo internacional de saúde vem após companhias

do setor tabagista divulgarem novas parcerias com gigantes do automobilismo.

Além da empresa British American Tobacco (BAT)-McLaren, a Philip Morris

já tem como certo adesão da Ferrari.A BAT indicou que a parceria plurianual

fornecerá uma plataforma mundial para dar maior ressonância a certos produtos,

incluindo o glo, um dispositivo usado para aquecimento do tabaco. A

declaração sugere que a intenção da empresa é promover o uso do tabaco.

Já a Philip Morris International (PMI) criou uma logo (Mission Winnow) para utilização pela Ferrari, em carros, e pela Ducati, em motocicletas. Antes, os veículos levavam o branding dos cigarros Marlboro. A PMI também divulgou a logo como marca registrada, inclusive para uso em produtos derivados do tabaco. A Ducati apresentou a logo num MotoGP recente.

Proibições abrangentes da publicidade, promoção e patrocínio do tabaco reduzem o consumo de produtos derivados da substância, inclusive entre os jovens. O Artigo 13 da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco da OMS obriga as partes a implementar restrições ou interdições dessas práticas da indústria tabagista.

As definições do documento da OMS são amplas e incluem atividades com o efeito ou o provável efeito de promover direta ou indiretamente um produto derivado do tabaco ou o próprio uso do tabaco.

De acordo com a Agência da ONU, as ações das empresas resultam em publicidade e promoção de produtos de tabaco e do consumo de tabaco, alcançando, entre diferentes públicos, a juventude. A publicidade e a promoção desses produtos ocorrem tanto em países que sediam os eventos esportivos, quanto em países que recebem as suas transmissões.

A OMS pede aos governos que implementem as próprias leis proibindo a publicidade, a promoção e o patrocínio do tabaco das formas mais rígidas possíveis, por meio da aplicação de penalidades de acordo com as legislações internas e da adoção de medidas preventivas.

 

Fonte:
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

BTA9f