Maiores poluidores do mundo assinam documento do clima
06-09-2016 21:36:36 (687 acessos)
EUA e China, os países que causam maior volume de poluição no mundo, que agravam diariamente o processo de aquecimento da Terra, assinaram o compromisso do Clima, decidido em Paris nos últimos dias de 2015. Por esse motivo a maioria dos países do grupo decidiu amparar as medidas do "Acordo do Clima" e encaminhar ajuda financeira.

Já na abertura do G20 em Hangzhou, na China, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, elogiou o foco da conferência sobre os temas de desenvolvimento sustentável e mudanças climáticas, e pediu que todos os países ajam rapidamente nessas questões. “Pela primeira vez na história do G20, o projeto está voltado para esta Agenda de Ação de Desenvolvimento Sustentável”, disse o dirigente da ONU.

Apelou aos estados para que alinhem políticas nacionais e socioeconômicas, programas e investimentos, em apoio aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

“A mudança climática e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável devem andar de mãos dadas. Essa não é a minha mensagem — é a mensagem de todos os cientistas, economistas e especialistas”, acrescentou, ressaltando que “a ação precoce irá trazer mais e mais benefícios, e cada vez melhores resultados”.

Resolver primeiro as guerras

Observou que o Secretáreio-Geral que para atingir os Objetivos, é preciso resolver desafios urgentes, como as guerras prolongadas na Síria, no Iêmen, no Sudão do Sul, na Líbia, Mali e em outros locais, bem como os problemas da pobreza extrema, da crescente desigualdade e do maior número de pessoas deslocadas por conflito desde o fim da Segunda Guerra Mundial.

Foram estimulados os líderes da China e dos EUA porque oficialmente aderiram ao Acordo de Paris para o clima. Disse entãoi: “já testemunhei um grande avanço a respeito da mudança climática”.

Falou estar “feliz em saber que o rascunho do documento da reunião do G20 também esteja encorajando a rápida entrada em vigor do Acordo de Paris”. Declarou que processos devem ser concluídos em paralelo a um novo compromisso dos países de cumprir as promessas, especialmente os integrantes da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Dirigente citou a necessidade de apoio técnico e financeiro a muitos Estados vulneráveis e em desenvolvimento, incluindo por meio do Fundo Verde do Clima, para que esses países possam se adaptar à mudança climática.

 

Fonte:
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

NTZzY