FLORES RARAS E BANALÍSSIMAS

Trata do romance em época considerado reprovável, da carioca Lota de Macedo Soares, paisagista e urbanista, com a escritora dos EUA, Elisabeth Bishop. A partir de 1951 conviveram 16 anos em relação homossexual supreendentemente admitida pela sociedade do Rio de Janei9ro, onde circulavam fartamente.

A obra de Carmen Oliveira foi escolhida pela Livraria e Museu do Amanhã, como o livro do mês da mulher em 2018. Bishop trabalhava intensamente na construção0 dos poemas e Lota foi a principal defensora do parque do Aterro do Flamengo, que ajudou a dar uma figura imponente à Baía da Guanabara. Por incrível que pareça esse incansável trabalho de cada uma, foi motivo de conflitos e a final sepração.

 


Mas o mérito dessa construção literária se deve a Carmen Oliveira que pesquisou arquivos da época, correspondência e diários escritos por ambas, imagens. Publicado pela Rutgers University Press e Editora Rocco, a obra rendeu à autora os prêmios Stonewall Book, da American Library Association, e, Lambda Literary Award.


Esse livro (editado em 2011, em Português), inspirou o filme Flores raras, de Bruno Barreto, estrelado por Glória Pires e Miranda Otto.

 

 

Livraria da Travessa - sac@travessa.com.br | (21) 2508-6872 | das 9 às 17:30 horas

 

Seja o primeiro a comentar este livro.

Comente este livro 

 

6xtwuY