Niki Lauda, piloto de fórmula 1 - Falecimento em 20 de maio

Uma verdadeira lenda do automobilismo internacional, Niki Lauda, foi protagonista em todos os momentos desse esporte. Desde as competições de preparação, até a disputada Fórmula 1. Nesta categoria conseguiu 3 campeonatos e só não foi recordista, por causa de um acidente (1976) que quase o mata, no circuito de Nurburgring, Alemanha. Pilotava uma Ferrari. Mas ficou desfigurado pelas queimaduras, salvando-se milagrosamente.

Mas na carreira de sucesso, mostrou-se competente na administração de escuderias como a Mercedes, há 5 anos imbatível nas pistas. Só não conseguiu vencer a doença pulmonar, mas mesmo assim enfrentou com decisão, realizando um transplante. Insucesso.

Nascido em Viena, o piloto foi campeão mundial em 1975 e 1997 pela escuderia Ferrari e, em 1984, conseguiu o título pela McLaren. "Suas conquistas únicas como atleta e empresário são e serão inesquecíveis, seu incansável entusiasmo pela ação, sua singeleza e valor permanecem", escreveram seus familiares. O carismático piloto foi peça-chave para a Mercedes desde 2012, ao ser contratado como executivo, e foi crucial para a ascensão do britânico Lewis Hamilton, que brilhava com a McLaren. 



 
∗  29/02/1949
†  20/maio/2019

Seja o primeiro a comentar esta homenagem.

Comente esta homenagem 

 

EWISF2