Em 2020, eventos no mundo sobre biodiversidade

Do dia 23-02-2020 até 20-11-2020
Horário: 08:00
Local: Centros de eventos pelo mundo
Cidade: Davos, Suiça e Glasgow, Escócia

 

Aquecimento global e poluição preocupam todos os responsáveis pela conservação da biodi9versidade, ameaçada. Eventos pelo mundo estão programados para 2020, nos quais podem sair soluções mais práticas do que as grandes e caras reuniões da ONU. Veja, quais são e participe, se puder. 23–28 de fevereiro: Fórum Mundial da Biodiversidade, Davos, Suíça 2-6 de junho: Conferência das Nações Unidas para o Oceano, Lisboa, Portugal Organizada pelos governos de Quênia e Portugal, a Conferência deve adotar uma declaração intergovernamental sobre áreas de ação científicas inovadoras, juntamente com uma lista de compromissos voluntários, para apoiar a implementação do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 14 (Vida na Água). O tema da Conferência é “Ampliando ações para os oceanos com base na ciência e na inovação para a implementação da meta 14: levantamento, parcerias e soluções”. A reunião ocorre três anos após a primeira Conferência do Oceano. 11–19 de junho: Congresso Mundial de Conservação da IUCN, Marselha, França O congresso procurará identificar e aproveitar as soluções que a natureza oferece para os desafios globais. 23–28 de agosto: Água e mudanças climáticas: ação acelerada, Estocolmo, Suécia Este ano, a Semana Mundial da Água tratará de ciência e inovação. 15 de setembro: 75ª sessão da Assembleia Geral da ONU (UNGA 75) em Nova Iorque, o primeiro dia do debate geral de alto nível ocorrerá no dia 22 de setembro. Uma Cúpula de Líderes em Biodiversidade pode ocorrer no mesmo horário e local. Isso proporcionará excelentes oportunidades para que os líderes mundiais afirmem que a contínua degradação do nosso planeta é inaceitável e que ações urgentes para restaurar a natureza precisam começar já. 27 de setembro: 5º aniversário do lançamento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável “Estamos nos aproximando do quinto aniversário da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, mas ainda não temos dados suficientes para rastrear a dimensão ambiental dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável”, diz Jillian Campbell, estatística que lidera o trabalho do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) no monitoramento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e coautora de um novo estudo sobre como a ciência cidadã pode nos ajudar a alcançar plenamente os objetivos. “De fato, temos dados insuficientes para acompanhar o progresso global de 68% dos indicadores dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável relacionados ao meio ambiente. Não conseguiremos monitorar a dimensão ambiental dos Objetivos usando apenas fontes de dados tradicionais”, acrescenta ela. 5–10 de outubro [provisório], Kunming, Yunnan, China: Conferência de Biodiversidade da ONU: “Convenção sobre Diversidade Biológica COP 15” A COP 15 revisará a consecução e a entrega do Plano Estratégico da Convenção para a Biodiversidade 2011-2020. Prevê-se também que a decisão final sobre o quadro de biodiversidade global pós-2020 seja tomada, juntamente com decisões sobre tópicos relacionados, incluindo capacitação e mobilização de recursos. A COP 15 também incluirá a 10ª Reunião das Partes do Protocolo de Cartagena sobre Biossegurança (Protocolo de Cartagena COP/MOP 10) e a 4ª Reunião das Partes do Protocolo de Nagoia sobre Acesso e Compartilhamento de Benefícios (Protocolo de Nagoia COP/MOP 4) . Espera-se que abordem uma série de questões relacionadas à implementação da Convenção e de seus Protocolos. Como parte do processo de desenvolvimento do quadro pós-2020, as negociações serão realizadas no contexto de um grupo de trabalho aberto e copresidido por Francis Ogwal (Uganda) e Basile van Havre (Canadá). As reuniões do Grupo estão agendadas em Kunming, China, de 24 a 28 de fevereiro de 2020 e de 27 a 31 de julho de 2020, na Colômbia. 9–20 de novembro Glasgow, Escócia, Reino Unido: Conferência sobre Mudança Climática das Nações Unidas 2020: “UNFCCC COP 26” Na véspera de um ano em que as nações devem fortalecer suas promessas climáticas de Paris, o Relatório sobre a Lacuna de Emissões do PNUMA adverte que, a menos que as emissões globais de gases de efeito estufa caiam 7,6% a cada ano entre 2020 e 2030, o mundo perderá a oportunidade de retomar os trilhos em direção ao objetivo de aquecimento máximo de 1,5°C do Acordo de Paris. Com as atuais promessas incondicionais, o mundo caminha para um aumento de temperatura de 3,2°C. Os países do G20 representam quase 80% de todas as emissões, mas 15 membros do G20 não se comprometeram com um cronograma para emissões líquidas zero. Dias Mundiais para falar das emergências climáticas e da biodiversidade 3 de março – Dia Mundial da Vida Selvagem / Dia da África em Meio Ambiente 22 de maio – Dia Internacional da Diversidade Biológica 5 de junho – Dia Mundial do Meio Ambiente / Semana do Meio Ambiente da União Europeia 8 de junho – Dia Mundial dos Oceanos