Câncer Bucal não Existe com Boa Prevenção. Visite Sempre um Bom Dentista
20-02-2006 00:00:00 (2882 acessos) Feridas persistentes podem ser sintomas de câncer bucal. Prevenindo com exames, é possível evitar a doença.

Feridas persistentes na boca, podem ser sintoma de câncer bucal e se não tratadas, levam à morte. Muitas vezes as pessoas desconsideram esses sinais, que podem não doer e nem causar qualquer incômodo.

A natureza adverte: manchas, inchaços, feridas que não cicatrizam representam avisos de uma doença que pode ser o câncer ou mesmo outra manifestação negativa de saúde, inclusive herpes e indicativo de AIDs.

Há risco de câncer bucal, quando o paciente que apresenta esses sinais, é fumante ou foi durante muito tempo, especialmente cachimbo ou charuto. São também propensos à doença os alcoólatras, principalmente os que o fazem ingerindo aguardente (cachaça) e vinho; os que não costumam fazer boa higiene da boca e nem freqüentar os consultórios para exames de rotina.

Estão ainda correndo risco de uma lesão cancerosa na boca, aqueles que se mantêm com dentes cariados, quebrados e amolecidos, bem como que usam próteses mal ajustadas. Precisam redobrar cuidados os que t~em costume de morder as partes internas da cavidade bucal, bem como bochechas, lábios e língua.

Mas é preciso auto vigilância do paciente para evitar que um caso de câncer seja descoberto só quando não há mais jeito de se curar. Perigo existe em diversas circunstâncias, como por exemplo quando a língua perde a mobilidade e há dificuldade para engolir. Também carecem cuidados aquelas aftas que não se curam, verrugas ou caroços e ínguas, sinais semelhantes a esses na região do pescoço e aquelas áreas da boca permanentemente irritadas com por dentes mal recuperados ou próteses irregulares.

A boa nutrição é inclusive fator que favorece a boa saúde geral e especialmente a bucal. Frutas e verduras são elementos indicados.


Texto em Espanhol



Cáncer Bucal
no Existe
Con Buena Prevención


Heridas a persistentes en la boca, pueden ser síntoma de cáncer bucal y se no tratadas, llevan a muerte. Muchas veces las personas desconsideran esas señales, que pueden no doler y ni causar cualquiera incómodo.

La naturaleza advierte: manchas, hinchazones, heridas que no cicatrizan representan advertencias de una enfermedad que puede ser el cáncer o mismo otra manifestación negativa de salud, incluso herpe e indicativo de SIDA.

Hay riesgo de cáncer bucal, cuando el paciente que presenta esas señales, es fumador o fue durante mucho tiempo, especialmente pipa o cigarro. /são también propensos a la enfermedad los alcoólatras, principalmente los que lo hacen ingeriendo aguardiente (cachaça) y vino; los que no suelen hacer buena higiene de la boca y ni frecuentar los consultorios para exámenes de rutina.

Están aún corriendo riesgo de una lesión cancerosa en la boca, aquéllos que se mantienen con dientes cariados, quebrados y ablandados, bien como que usan prótesis mal ajustadas. Necesitan redoblar atenciones los que t~em costumbre de morder las partes internas de la cavidad bucal, bien como mejillas, labios e idioma.

Pero es preciso auto vigilancia del paciente para evitar que un caso de cáncer sea descubierto solo cuando no hay más jeito de curarse. Peligro existe en diversa circunstancias, como por ejemplo cuando el idioma pierde la movilidad y hay dificultad para engullir. También carecen atenciones aquellas aftas que no se curan, verrugas o carozos y bubones, señales semejantes a ésos en la región del cuello y aquellas áreas de la boca permanentemente irritadas con por dientes mal recobrados o prótesis irregulares.

La buena nutrición es incluso factor que favorece la buena salud general y especialmente a bucal. Frutas y verduras son elementos indicados.
 

 Não há Comentários para esta dica

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

ZVcnz