Márcia Haydée, bailarina - Aniversário em  18 de abril

Márcia Haydée Salaverry Pereira da Silva é uma brasileira de Niteróium orgulho da arte da dança nacional e mundial.

Bailarina e coreógrafa brasileira, alcançou os palcos de todo o mund. Teve como importantes partners no balé, Richard Cragun (com quem foi casada durante 16 anos), Rudolf Nureyev, Jorge Donn, Mikhail Baryshnikov e Anthony Dowell.

Aos três anos de idade, Márcia Haydée já tinha aulas de balé clássico, tendo formação, no Brasil, com Yuco Lindberg e Vaslav Veltchek.

Aos 16 anos, foi se aperfeiçoar na Royal Ballet School de Londres,

na Inglaterra. Em 1957, Haydée iniciou a carreira profissional no

Ballet do Marquês de Cuevas. Quatro anos depois, conheceu o

coréografo John Cranko, diretor do Ballet de Stuttgart,

de onde foi a primeira solista por 13 anos.

Cranko investiu em Haydée, que se tornou uma estrela internacional, dançando em obras como Romeu e Julieta, Eugène Oneguin e A megera domada. Em 1976, três anos após a morte de Cranko, Márcia assumiu a direção do Ballet de Stuttgart, passando a ser disputada por outros coréografos, tais como Maurice Béjart, Glen Tetley, Jiri Kylian, William Forsythe e John Neumeier. Ela era então aclamada como a "Maria Callas da dança". Em 1993, Márcia Haydée assumiu também a direção do Companhia Nacional de Dança do Chile.

Em 1996, Márcia Haydée resolveu dedicar-se à vida pessoal e hoje vive em uma casa de campo, a quarenta quilômetros de Stuttgart. Contudo, em outubro de 1999, aos sessenta e dois anos, ela voltou a apresentar-se, dançando a peça Tristão e Isolda, com o bailarino brasileiro Ismael Ivo, na Alemanha.

 

FOTO: Márcia Haydée com o então marido Richard Cragun. Na página inicial, foto em que dança Lago dos cisnes.

Seja o primeiro a comentar este aniversário.

Comente este aniversário 

 

5vLcsn